CIRCULANDO

Inventar-se Psicanalista: uma construção singular

Publicado por GAS - Grupo de Atenção ao Sujeito em 03/11/2011 às 22h28

Convidamos todos para participarem da CONVERSAÇÃO, que ocorrerá no dia 10 de dezembro!

Quatro psicanalistas apresentam seus trabalhos sobre o tema, por distintas perspectivas: quando do início dessa construção; a experiência da Clínica propriamente dita; o trânsito no Ambulatório de Psiquiatria e Psicologia de um Hospital Geral e o CAPS I - Centro de Atenção Psicossocial Infantil, como equipamento em substituição dos Hospitais Psiquiátricos, dentro da lógica da Reforma Psiquiátrica.

Os trabalhos apresentados demonstram a singularidade da atuação desses profissionais e sua prática: a forma com a qual o psicanalista conduz seu trabalho em diferentes equipamentos de Saúde e as questões que atravessam esse fazer-se Psicanalista.


Essas e outras questões fazem parte dessa Conversação que propõe um tema importante da Psicanálise Aplicada, proporcionando com esse encontro, a oportunidade de construirmos juntos algum saber sobre o lugar do analista, perspectivas singulares e outras invenções possíveis. 

Comentários (1)

Festa da Fantasia

Publicado por FabioLSaad em 31/10/2011 às 23h23

Atuar num equipamento como o CAPS infantil (do qual faço parte), exige dos profissionais intervenções singulares, pensar caso a caso. Utilizamos vários recursos na aposta de manejos que possam acessar o sujeito. Dentro das atividades propostas, potencializamos o espaço da convivência, como dispositivo terapêutico importante, que ressalta as singularidades e as (im) possibilidades de estar com o outro. Entra ai nossa atuação, ora secretariando o sujeito, ora dando contorno para os inúmeros casos que acompanhamos.

 Nesta semana, fizemos uma festa de Halloween para todos os pacientes, tema disparador para estarmos juntos, que fez muito sentido. Ponto importante dessa festa foi estar com o outro, com seu horror, sem que isso nos aterrorizasse. Estando todos mascarados, paciente e técnico se viram como iguais. Posição enigmática para aquele que está do lado da “normalidade”: fez com que víssemos nosso próprio horror. Condição fundamental, mas não óbvia, a de olhar primeiro para seus fantasmas para suportar o fantasma do outro.

Em nossa festa, o contorno foi feito pela fantasia clara e direta do horror, pinturas e adereços assustadores. E o efeito? Ver aquilo que não é claro, ver o sujeito do jeito que é, único. Não atributo apenas para os pacientes graves e psicóticos, mas imperativo para aqueles que estão no laço. Afinal, a fantasia faz função para todos.

Comentários (0)

CIRCULANDO NASCE

Publicado por A Coordenação em 30/10/2011 às 20h39

Circulando nasce! Todo nascimento parte de algo que existe antes de consistir. Tem sido assim: nasce de uma idéia, de um encontro, de um desejo bastante singular, de estar na clínica. Nasce imperfeito, visto que a palavra sempre irá faltar, mas faz sua função, a de produzir novos e novos conteúdos. Sobretudo, O CIRCULANDO nasce de um bom encontro, profissionais comprometidos com sua prática, que não se acomodam em apenas fazer-se analistas, mas que se inquietam e fazem da transmissão a passagem do singular para o universal. Fico feliz em saber que o CIRCULANDO nasce imperfeito, pois de muito já está analisado, nasce meio tratando, sem grande ideal no sentido freudiano, mas cheio de expectativas. Que a palavra circule!  

Comentários (1)

Espaço destinado à transmissão de nossa prática em suas várias facetas.

Publicado por A Coodenação em 30/10/2011 às 20h29

A Clínica de Psicologia e Psicanálise do GAS publica:

CIRCULANDO.

 Espaço destinado à transmissão de nossa prática em suas várias facetas.

A profissão de analista, psicólogo ou psicoterapeuta pode ser muito solitária, visto que passamos grande parte de nosso tempo atendendo. Ter um espaço para dialogar, transmitir nossas impressões sobre as várias facetas do contemporâneo, faz com que estejamos no laço, circulando a palavra.

Esse espaço não se destina à publicação acadêmica, nem tampouco casos clínicos que atendemos.

CIRCULANDO é um espaço de publicação dos profissionais envolvidos que queiram compartilhar impressões, transmitir conteúdos por meio de acontecimentos ou experiências vividas sejam elas em nosso cotidiano ou fatos que nos tocam e que nos causam a necessidade de falar.

Comentários (0)

|||||image-wrap|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|c05 bsd b01e sbse|b01 c05 bsd||signup|content-inner||